Busca no Site:
 
 
Como diagnosticar a diabetes
 
O diagnóstico é feito através dos sintomas que a pessoa manifesta e é confirmado com análises ao sangue. No entanto, podem não existir sintomas e, neste caso, o diagnóstico ser feito através de exames pedidos para outro fim.

Na Diabetes Tipo 2, os sintomas relacionados com o excesso de açúcar no sangue manifestam-se de forma gradual e quase sempre lentamente. Por isso, o início da Diabetes Tipo 2 é muitas vezes difícil de precisar.

Os sintomas mais freqüentes são a fadiga, urinar muito e com mais freqüência e sede excessiva. Muitas vezes o doente não apresenta estes sintomas (ou dá-lhes pouca importância) e o diagnóstico é feito mediante requisição de análises de rotina.

Nas análises registra-se uma quantidade de açúcar no sangue aumentada (hiperglicemia) e aparece açúcar na urina (glicosúria).

É diabético se:
· Tiver uma glicemia ocasional de 200 mg/dl ou superior, com sintomas.
· Tiver uma glicemia em jejum (8 horas) de 126 mg/dl ou superior em duas ocasiões separadas por um curto período de tempo.