Busca no Site:
 

 

 
Artigos
A tireóide e o ganho de peso
por Alfredo Halpern
Fonte: Revista Saúde

Essa pequena glândula é freqüentemente responsabilizada pelo ganho de peso. E, na maioria das vezes, não tem nada a ver com isso. Situada na região anterior do pescoço, produz dois hormônios muito conhecidos - os famosos T3 e T4 (abreviaturas de triiodotironina e tiroxina). Essa dupla age em todo o organismo e é importantíssima para o seu bom funcionamento.

A falta ou deficiência dela - chamada hipotireoidismo - leva a sintomas como cansaço, memória fraca, pele seca, cabelos e unhas quebradiços, intestino preguiçoso, depressão e intolerância ao frio, entre outros. É como se a pessoa funcionasse em "marcha lenta". Quanto ao peso, a doença leva a uma tendência de ganho, pois há uma diminuição no metabolismo geral, e a inchaços, principalmente no rosto e nas pernas. Só que raramente a deficiência da tireóide, que é freqüente, leva à obesidade.

Resumindo: vale a pena verificar o estado da tireóide se você tem os sintomas citados, mas não a culpe pelos seus muitos quilos a mais.
 
Artigos anteriores: